Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Irmão de Romero Rodrigues enfrentará dificuldades para viabilizar sua candidatura a deputado federal








Irmão de Romero Rodrigues enfrentará dificuldades para viabilizar sua candidatura a deputado federal
 Entre a cruz e a espada. O recado do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), de que para trabalhar para a pré-candidatura do irmão Moacir Rodrigues a deputado federal, ele terá que assumir a campanha do senador Cássio ao governo, revelou as dificuldades que o ex-secretário de RC terá que enfrentar. Recentemente a mulher de Moacir abandonou o cargo na prefeitura para assumir o cargo do marido no Estado.

Romero vem reafirmando a mídia paraibana que não abrirá mão que seu irmão cargo e pré-candidato a deputado federal Moacir Rodrigues (PSD), apoiasse a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado. Moacir que foi secretário executiva da Secretaria de Interiorização do Estado teve recentemente sua esposa indicada para o cargo, o que tudo indica uma sinalização do seu apoio à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Giovanna Karla Barros, abdicou do cargo que tinha na gestão da PMCG de coordenadora do Fome Zero para assumir a pasta. Um dado curiosos foi a recente entrevista de Romero Rodrigues a uma emissora de Campina, onde na oportunidade garantiu que seu irmão Moacir Rodrigues (PSD) que era secretário executivo da Interiorização do Estado votará em Gouveia para o Senado, mas não acompanhará o governador Ricardo Coutinho. “Tem coisa que não precisa se divulgar, pois é coisa de fórum íntimo, mas digo que não vou abrir mão disso”, afirmava Romero.

Fritura - Circula nos bastidores que outro receio de Moacir em apoiar Cássio vem das costuras que Cássio vem promovendo em prol de uma coligação forte para seu PSDB, o que pode gerar a fritura do irmão do prefeito.

Oficialmente ex-ministro das Cidades o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP), cumpriu intensa agenda visitando Gurinhém, Duas Estradas, Lagoa de Dentro e Pedro Régis. Até ai tudo normal, mas segundo a coluna do jornalista campinense Arquimedes de Castro, o ex-ministro teria colocado imposições a Cássio para fechar com o PSDB.

Segundo a coluna do jornalista do último domingo (30), Aguinaldo poderia até sair candidato a senador pela chapa tucana, mas teria imposto condições como a retirada da candidatura a deputado federal do irmão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) o atual secretário executivo da Secretaria de Interiorização do Estado Moacir Rodrigues (PSD).

Da Redação com PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário