Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quinta-feira, 5 de março de 2015

RC lança campanha em comemoração

ao Dia Internacional da Mulher

Assessoria
Ricardo lança campanha em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Foto: Walla Santos
O governador Ricardo Coutinho lança, nesta sexta-feira (6), às 10h, no Palácio da Redenção, em João Pessoa, a campanha "Autonomia, essa é nossa decisão - Paraíba: Mulher Forte e de Valor" com várias ações do Governo do Estado em comemoração ao Dia Internacional da Mulher - 8 de Março. 
Mais de 40 prefeitos vão assinar Termo de Adesão para a criação e fortalecimento de órgãos municipais de políticas  para as mulheres. O Governo vai abrir Edital para prefeituras acessarem apoio por meio de curso de capacitação e entrega de kit imobiliário e equipamentos. 
Coordenada pela Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, também será lançada a programação com mais de 50 atividades, que seguirá durante todo o mês de março em vários municípios. As ações são realizadas em parceria com outros órgãos governamentais, como Saúde, Educação, Cultura, Desenvolvimento Humano e Segurança Pública. 
Na área cultural, o destaque é para o show de Lia de Itamaracá, neste domingo (8), no Teatro de Arena, às 20h, além da feira de artesãs, encontro de mulheres de grupos apoiados pelo Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), Prêmio Ceci Melo, Concurso Reeducanda Paraíba e ações nas escolas sobre gravidez na adolescência. 
Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, outro destaque será a exposição Elas - Memórias e Conquistas, na Estação Ciência, promovida pelo Jornal A União, e o lançamento de Cordel sobre Maria Bonita, de Jairo Mozart.
Com CLICK PB

quarta-feira, 4 de março de 2015

Vereadora Cibele Cabral quer instalação de scanner corporal em presídio de Sapé
O aparelho faz análise corporal e identifica objetos ilícitos. A revista eletrônica beneficiará os detentos e parentes, fazendo valer os direitos humanos.

Mais uma matéria de suma importância foi apresentada na Câmara Municipal de Sapé, através da vereadora Cibele Cabral da Silva(PSD), na última quinta-feira(26/02), aprovada por unanimidade por seus pares. A pauta foi a instalação de scanner corporal no presídio regional de Sapé, seguindo a política de implanta desse equipamento em outras unidades prisionais da PB, a saber: Penitenciária Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1 e PB2); Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega e Presídio Serrotão de Campina Grande.
“Em respeito à ética e a dignidade humanas, peço a meus pares a aprovação deste requerimento em benefício dos detentos e familiares, bem como para sanar a questão das revistas íntimas constrangedoras que acontecem com os visitantes”, pediu a vereadora, no plenário da casa de Augusto dos Anjos. Cópia do requerimento da vereadora serão encaminhados ao Governo do Estado e ao Secretário de Administração Penitenciária.
Ainda em sua justificativa a vereadora fez uma breve explanação quanto a eficácia de um Scanners, este que faz uma análise corporal e identifica objetos ilícitos, ou seja, o Body Scan (raio-X scanner corporal).

“Faço este apelo ao governo e ao secretário  de administração penitenciária, na certeza de ser atendida, uma vez que o presídio regional de Sapé, bem como, outros da Paraíba  necessitam desses aparelhos. Tudo isso para acabar com a prática da revista íntima vexatória que fere o artigo 5º da Constituição Federal”, salientou a vereadora Cibele Cabral.

Da redação
do Interiorano

Após divergir do PMDB e não atender ao pedido do pai, Raniery muda tom e deixa porta aberta para adesão a RC

Após divergir do PMDB e não atender ao pedido do pai, Raniery muda tom e deixa porta aberta para adesão a RC
Dissidência no PMDB em relação à aliança da legenda com o PSB nas eleições de 2014, o deputado estadual Raniery Paulino, que havia ignorado o pedido do pai, Roberto Paulino (PMDB), para aderir à bancada do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, adotou um discurso mais ameno, com possibilidade de seguir a orientação da sigla e convergir para o bloco situação na Casa.

Em entrevista à reportagem do PB Agora nesta quarta-feira (04), Raniery disse que ainda não sabe se manterá a posição de independência na Casa, mas ressaltou que já está em sintonia com a bancada do PMDB na ALPB.

“Isso não foi conversado de forma objetiva, eu não tenho temor algum em fazer oposição a nenhum governo, o que tem de fato me colocado numa situação incômoda e eu não escondo isso, é o PMDB internamente não está se construindo um consenso, eu acho que o PMDB tem que buscar o entendimento interno, já houve várias sinalizações de unidade entre os parlamentares do partidos, conseguimos colocar nossas posições e há uma sinalização de unidade interna entre nós”, disse.

Sobre a adesão ao Governo Ricardo, Raniery disse que o presidente do partido, José Maranhão, está a frente das conversações e por isso deverá aguardar as decisões.

O parlamentar, no entanto, disse que continuará votando de acordo com sua consciência, seja a favor ou contra o Governo.

“O presidente Maranhão tem capitaneado essas questões, estamos no aguardo dele, mas de antemão adianto que vou votar de acordo com minha consciência, não estamos pra servir ou ser contra o governo, temos que votar e apoiar as causas que abraçamos, mas há questões de governo e de oposição que podem ser debatidos sim”, falou.

No início dessa semana o senador José Maranhão revelou serem fortes as projeções para que toda a bancada do PMDB na ALPB adira ao bloco governista, inclusive com as adesões de Trocolli Junior e Raniery Paulino.


Com PB Agora

Scanner corporal vai evitar revistas íntimas em penitenciárias da Paraíba

'Juízes, advogados, todos vão passar pelos scanners', diz secretário.
Scanner corporais foram instalados em três presídios do estado

Scanner corporal começou a ser usado nesta terça-feira (3) em três presídios da Paraíba (Foto: Francisco França / Jornal da Paraíba)Scanner corporal começou a ser usado nesta terça-feira (3) em três presídios da Paraíba (Foto: Francisco França / Jornal da Paraíba)
“Juízes, advogados, funcionários, visitantes, todos que entrarem nos presídios vão passar pelos scanners corporais”, disse o secretário de Estado da Administração Penitenciária da Paraíba, Wagner Dorta, sobre a instalação dos equipamentos em unidades prisionais do estado. Os scanners visam evitar as revistas íntimas e melhorar a segurança nos presídios, e estão em funcionamento a partir desta terça-feira (3) em penitenciárias de João Pessoa e Campina Grande.
O aluguel de cada um dos equipamentos custa cerca de R$ 29,9 mil por mês, totalizando um investimento de mais de R$ 1,07 milhões ao ano. “Poucos estados possuem esta tecnologia. A Paraíba é uma das pioneiras na implantação deste sistema que garante uma melhor segurança e um tratamento melhor aos visitantes dos apenados”, completou o secretário.Segundo o secretário, os três primeiros equipamentos a chegarem no estado foram instalados na capital, na Penitenciária Romeu Gonçalves de Abrantes, conhecida como PB1 e PB2, e no Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, conhecido como presídio do Roger; e no Presídio Regional de Campina Grande Raimundo Asfora, o Serrotão. “Estamos fazendo um estudo para ver a viabilidade de instalação destes equipamentos em outros presídios O equipamento escaneia todo o corpo de quem passa por ele, revelando todos os detalhes e mostrando objetos que estejam escondidos na roupa ou no corpo do visitante. “Será mais fácil e mais rápido identificar quem está tentando entrar com algum objeto ilícito no presídio”, explicou o secretário. Com a instalação dos equipamentos, a revista íntima manual deixa de ser realizada nos presídios em que os scanners estão instalados.
Com G1

terça-feira, 3 de março de 2015

Ex-prefeito de cidade do Brejo da Paraíba terá de devolver R$ 1 milhão aos cofres públicos

Ex-prefeito de cidade do Brejo da Paraíba terá de devolver R$ 1 milhão aos cofres públicos
 O ex-prefeito da cidade de Mulungu, Achilles Leal Filho, terá de devolver R$ 1 milhão aos cofres públicos, segundo decisão do Tribunal de Contas da União(TCU).

O TCU julgou irregulares as contas do convênio 684/ 2002, firmado entre o Ministério da Integração Nacional e o município de Mulungu. O convênio tinha como objetivo a implantação do sistema de abastecimento de água na comunidade “Riacho da Pedra” e no loteamento “LealLândia”, composto de poço amazonas, casa de bomba e tratamento no reservatório, adutora, reservatório apoiado, abrigo para material de tratamento, rede de distribuição e ligações domiciliares.

O ex-prefeito a Park Construções Civis e Elétricas Ltda devem devolver a quantia de R$ 1.096.242,92.

Segundo relatório da Caixa Econômica Federal  não foram alcançados os objetivos quanto à funcionalidade das obras, nem tampouco os benefícios sociais esperados.



Com PB Agora