Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Prefeito Marcos Martins entrega ambulância a população e assina ordem de serviço para pavimentação de cinco ruas no loteamento Araçá, em Mari 

 O prefeito de Mari Marcos Martins entregou a população uma ambulância Semi-UTI, em parceira com o estado e assinou a ordem de serviço para a pavimentação de cinco ruas no loteamento Araçá. As ruas beneficiadas são as seguintes: Dom Adauto, Vereador José Maria, Vereador Mário Rique Ferreira, Severino B da Silva e Aristeu Casado. O evento começou com uma carreata que percorreu as ruas da cidade e depois foi finalizado com uma concentração e o programa de rádio da prefeitura municipal na entrada do loteamento Araçá. "Já estamos finalizando o calçamento de três ruas no bairro do pasto novo e agora chegou a vez do loteamento Araçá com cinco ruas, já que neste loteamento não há obras de calçamento desde que existe. Vamos também colaborar para fazer as calçadas das pessoas que residem nestas ruas que serão pavimentadas. Vamos realizar calçamentos em todos os bairros de Mari", destacou Marcos Martins, que falou da Semi-UTI que conseguiu junto ao governo do estado. "Conseguimos uma ambulância Semi-UTI  junto ao governo do estado. Estamos buscando recursos onde tem e isso tenho feito", revelou Martins, que se referiu as criticas da oposição ao seu governo. "O povo já está cheio dessas criticas destrutivas da oposição.os trabalhando há os incomodados. Quando a oposição é responsável faz as criticas construtivas e não vazias. Graças a Deus passamos as dificuldades do ano de 2013. Todos sabem da maldade que o ex-prefeito fez. Ele deixou de pagar o mês de dezembro, o terço de férias e  o repasse dos consignados da caixa econômica e do banco do Brasil. Tivemos que parcelar mais de um milhão e meio", disse o prefeito de Mari, que na próxima quarta-feira deverá assinar a ordem de serviço para a construção do matadouro regional. "A oposição disse por ai que esse matadouro regional não seria construído, mas a verdade sempre vence a mentira. Conseguimos com o governo do estado: uma ambulância Semi-UTI, um hospital de pequeno porte, o matadouro regional, um galpão para implantação de uma fábrica, três Ônibus, entre outras obras. Isso é só o começo, pois vem muito mais.Essa oposição está desesperada. Estamos trabalhando em favor do povo de Mari", disse Martins que anunciou a entrega de kit escolar e e fardamento. "Vamos entregar o kit escolar e e fardamento para os alunos da rede municipal de ensino, tanto da cidade quanto da zona rural. Sem educação Mari não cresce", Ressaltou marcos Martins.

O governo municipal de Mari está 
intensificando obras e ações em prol do povo.



DA REDAÇÃO C/BLOG DO PROFESSOR JOSA
Cássio destaca importância de Wilson e pede para Militância se engajar na campanha para o Senado

Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo da Paraíba pela coligação “A Vontade do Povo”, durante sua palestra na noite desta terça-feira (22), no 1º Encontro de Lideranças da Coligação “A Vontade do Povo”, destacou o importante papel que Wilson Santiago (PTB), candidato ao Senado pela mesma coligação, tem cumprido ao seu lado.

Cássio disse que queria que as divergências políticas ficassem de lado, pois tanto ele quanto Wilson deixaram qualquer diferença que poderiam ter no passado em nome de uma aliança muito mais forte para mudar a Paraíba. Ele destacou a importância estratégica do papel que Wilson Santiago tem cumprido como intermediador de Cássio junto a prefeitos de sua base e a lideranças de todo o interior do Estado.

“Peço, especialmente, às minhas lideranças, que apoiem Wilson, que tem sido de imensa importância para nossa candidatura em diversas regiões do Estado. Em cidades em que eu nunca recebi votos, Wilson está mobilizando suas lideranças e sua militância e está trazendo votos para nós. Graças a Wilson, muitos dos prefeitos que estão aqui e que são de outros partidos, estão caminhando conosco”, destacou Cássio.
Wilson ressaltou que seu objetivo é o mesmo de Cássio: construir uma nova Paraíba para o povo. “Temos todos um mesmo sonho, o sonho de Cássio Cunha Lima por uma Paraíba mais justa é o sonho de cada paraibano. É nossa união que gerará a força necessária para seguirmos em frente”, frisou Wilson.

DA REDAÇÃO
Com assessoria



Morre no Recife, aos 87 anos, o escritor Ariano Suassuna

Ele sofreu um AVC na noite de segunda-feira e passou por cirurgia.
Nascido na Paraíba, ele vivia no Recife desde 1942.








Em março de 2010, Ariano Suassuna deu uma aula-espetáculo durante o Festival de Teatro de Curitiba (Foto: Lenise Pinheiro / Folhapress)
Na aula-espetáculo, Ariano mistura causos, informações sobre elementos da cultura popular nordestin a (Foto: Costa Neto / Secretaria de Cultura de Pernambuco)
Em março de 2010, Ariano Suassuna deu uma aula-espetáculo durante o Festival de Teatro de Curitiba (Foto: Lenise Pinheiro / Folhapress)
Morreu no Recife, nesta quarta-feira (23), o escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, aos 87 anos. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.
A cirurgia durou aproximadamente uma hora e ele havia passado a noite bem, sendo transferido para a UTI neurológica. A operação foi feita para a colocação de dois drenos que controlariam a pressão intracraniana. Na noite de terça-feira (22), o quadro dele se agravou, devido a "queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", conforme foi informado em boletim.
Em 2013, Ariano foi internado duas vezes. A primeira delas em 21 de agosto, quando sentiu-se mal após sofrer um infarto agudo do miocárdio de pequenas proporções, de acordo com os médicos, e ficou internado na unidade coronária, mas depois foi transferido para um apartamento no hospital. Recebeu alta após seis dias, com recomendação de repouso e nenhuma visita.
Dias depois, um aneurisma cerebral o levou de volta ao hospital. Uma arteriografia foi feita para tratamento e ele saiu da UTI para um apartamento do hospital, de onde recebeu alta seis dias depois da internação, no dia 4 de setembro.
Na aula-espetáculo que ministrou no Festival de Inverno de Garanhuns, na semana passada, mais uma vez Ariano misturou causos, informações sobre elementos da cultura popular nordestina; o grupo Arraial foi o convidado para os números de música e dança (Foto: Costa Neto / Secretaria de Cultura de Pernambuco)
Ativo até o fim
Ariano Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Mudou-se com a família para o Recife em 1942. Mesmo com os problemas na saúde, ele permanecia em plena atividade profissional. "No Sertão do Nordeste a morte tem nome, chama-se Caetana. Se ela está pensando em me levar, não pense que vai ser fácil, não. Ela vai suar! Se vier com essas besteirinhas de infarto e aneurisma no cérebro, isso eu tiro de letra", disse ele, em dezembro de 2013, durante a retomada de suas aulas-espetáculo.
Em março deste ano, Ariano foi homenageado pelo maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada.  Ele pediu que a decoração fosse feita nas cores do Sport, vermelho e preto, e ficou muito contente com a homenagem. “Eu acho o futebol uma manifestação cultural que tem muitas ligações com o carnaval”, disse, na ocasião.
No mesmo mês, o escritor concedeu uma entrevista à TV Globo Nordeste sobre a finalização de seu novo livro, “O jumento sedutor”. Os manuscritos começaram a ser trabalhados há mais de trinta anos.
Na última sexta-feira, Suassuna apresentou uma aula espetáculo no teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, durante o Festival de Inverno. No carnaval do próximo ano, o autor paraibano deve ser homenageado pela escola de samba Unidos de Padre Miguel, do Rio de Janeiro.
Com montagem d'O Auto da Compadecida no Rio de Janeiro, Ariano conquistou a crítica brasileira (Foto: Acervo pessoal / Ariano Suassuna)Com montagem d'O Auto da Compadecida no Rio de Janeiro, Ariano conquistou a crítica brasileira (Foto: Acervo pessoal / Ariano Suassuna)
Obra
A primeira peça do escritor, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948. Ariano escreveu um de seus maiores clássicos, "O Auto da Compadecida", em 1955, cinco anos depois de se formar em direito. A peça foi apresentada pela primeira vez no Recife, em 1957, no Teatro de Santa Isabel, sem grande sucesso, explodindo nacionalmente apenas quando foi encenada – e ganhou o prêmio – no Festival de Estudantes do Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina. A obra é considerada a mais famosa dele, devido às diversas adaptações. Guel Arraes levou o “Auto” à TV e ao cinema em 1999.
O escritor considera que seu melhor livro é o “Romance d'A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta”. A obra começou a ser produzida em 1958 e levou 12 anos para ficar pronta. Foi adaptada por Luiz Fernando Carvalho e exibida pela Rede Globo em 2007, com o nome de "A pedra do reino".
Na década de 70, Ariano começou a articular o Movimento Armorial, que defendeu a criação de uma arte erudita nordestina a partir de suas raízes populares. Ele também foi membro-fundador do Conselho Nacional de Cultura.
Após 32 anos nas salas de aula, Suassuna se aposentou do cargo de professor da Universidade Federal de Pernambuco, em 1989. O período também ficou marcado pelo reconhecimento nacional do escritor – Ariano tomou posse na cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro, em 1990.
DA REDAÇÃO DO INTERIORANO
COM G1

Biblioteca de Sapé recebe projeto ‘Contação Itinerante’ da Funesc

Projeto tem o objetivo de despertar o gosto pela leitura por meio da dramatização

Portal Correio
Projeto incentiva o gosto pela leitura
Despertar o gosto pela leitura por meio da dramatização. Esse é um dos objetivos do projeto “Contação Itinerante”, desenvolvido pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), que percorre cidades do interior da Paraíba com uma programação voltada para crianças e adolescentes.
No próximo dia 30, a ação chega ao município de Sapé, com a participação de Heráclito Cardoso e Ewerton Joaquim, do Grupo Sala Verde. A atividade gratuita será realizada na Biblioteca Pública Municipal Augusto dos Anjos, às 9h.
O projeto “Contação Itinerante” leva às unidades paraibanas ligadas ao Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas da Paraíba (SEBP-PB) contadores de histórias. A cada mês, dois municípios são contemplados com a ação, que tem como objetivo movimentar os espaços dedicados à leitura e à cultura.
Para desenvolver a ação, a Funesc conta com a parceria da prefeitura de Sapé. A proposta é despertar o interesse pelo hábito da leitura. A estreia foi no município de Frei Martinho, localizado na região do Seridó. A atividade também já passou por Ouro Velho, em junho, e Cabedelo, na primeira quinzena de julho.
“A proposta é levar o encantado universo da contação de histórias para as bibliotecas públicas, com o objetivo de dinamizar esses espaços, às vezes pouco utilizado, e por meio dessa ação, aproximar a comunidade das bibliotecas públicas, tendo em vista que em muitos municípios é o único equipamento cultural disponível à população”, esclarece a diretora da Biblioteca Juarez da Gama Batista, Cybelle Macedo, que também é responsável por coordenar o SEBP-PB.
A importância do projeto está na vivência do público-alvo com a leitura de forma interativa, onde o participante não só ajuda a contar a história como passa a fazer parte dela a partir da dramatização do texto.
DA REDAÇÃO C/PORTAL CORREIO
Despachando com Cibele:
Secretário Aparício manda fazer reposição de lâmpadas e capinar mato em conjunto Residencial

Bastante positiva a visita da vereadora Cibele Cabral (PSD) ao secretário de Obras e meio ambiente Aparício Calzerra, do município de Sapé, na última segunda–feira, 21, quando a nobre parlamentar solicitou deste algumas providências mais urgentes quanto a  reposição de lâmpadas e capinação de terreno nas imediações do Conjunto José Feliciano.
De imediato o secretario autorizou a sua equipe a fazer o serviço, já estando a área iluminada, uma vez que era grande a preocupação por parte de moradores, quando a escuridão que rondava o ambiente. Já o serviço de roça do mato também foi feito, dificultando, dessa forma, a ação da bandidagem quanto a eventuais assaltos.

A vereadora agradeceu ao secretário pela sua pronta ação, uma vez que, sempre quanto é feita solicitações, o serviço flui com normalidade e presteza. “Estou agradecida ao secretário, pelo seu pronto atendimento”, disse a vereadora Cibele Cabral.

DA REDAÇÃO
DO INTERIORANO