Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Prefeitura de Sapé distribuiu 10 mil quilos de peixes na Semana Santa
A Prefeitura de Sapé, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, distribuiu na Semana Santa 10 mil quilos de pescado para comunidades das zonas urbana e rural do município, mantendo com isso a tradição e sequência ininterrupta da entrega, desde os primeiros dias do ‘Governo O Futuro se Faz Agora’.
A entrega do pescado começou nas primeira horas da quarta-feira(01/04), no Clube Atlético Sapeense, na presença do vice-prefeito Edson Figueiredo, do prefeito Roberto Feliciano e da secretária de Desenvolvimento Humano, Wiviane Paiva, a qual ajudou na distribuição, juntamente com sua equipe de trabalho.

Nas primeiras horas da quarta-feira,  um grande número de
 pessoas já fazia fila  no Clube Atlético para receber o pescado
Os primeiros a receber os peixes foram os representantes de comunidades e presidentes de associações, os quais destinaram o pescado para as áreas da zona rural; em seguida, receberam as pessoas da zona urbana.

Para o prefeito Roberto Feliciano, que também participou entrega, a tradição deverá ser mantida até o fim de seu governo, e ele, pessoalmente, gosta de fazer a distribuição. “Para mim é uma grande satisfação chegar nas primeiras horas da manhã, receber, separar e entregar os peixes à aquelas pessoas que necessitam desse serviço e que estão acostumadas com a tradição da Semana Santa”, disse o prefeito.

Da redação do Interiorano





Mais um suplente pode assumir vaga na ALPB; movimentação deve mexer com cenário na CMJP

Mais um suplente pode assumir vaga na ALPB; movimentação deve mexer com cenário na CMJP
Assim como aconteceu com a ex-vereadora Nadja Palitot em legislatura passada, a vereadora Eliza Virgínia (PSDB) também deverá renunciar ao mandato na Câmara Municipal de João Pessoa para exercer o compromisso como primeira suplente na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Nesta quarta-feira (01), a tucana admitiu a possibilidade de assumir a vaga no Legislativo Estadual caso a licença da deputada Daniella Ribeiro (PP), por um período de 121 dias, se confirme


“Eu disse a ela que tinha 99% de chances de não assumir a vaga, mas pensei bem e hoje eu digo que existe uma forte chance de assumir a vaga na ALPB”, revelou.

Para Eliza, os quatro meses que duram a licença irão valer a pena porque podem ser transformar em mandato efetivo com a saída de outros deputados para disputar as eleições municipais de 2016.

“Vou ficar apenas quatro meses no início, mas no próximo ano muitos deputados irão sair para as disputas municipais e abrirá vacância na Assembleia para mandato efetivo”, explicou.

Eliza obteve 20.249 votos na disputa estadual de 2014 e foi a 42ª mais votada, porém, devido ao coeficiente eleitoral não conseguiu a titularidade.

“Conversei principalmente com o meu partido e lideranças políticas e estou levando em consideração os votos que tive em João Pessoa e aos mais de 12 mil eleitores que depositaram confiança em mim para realizar o trabalho na Assembleia”, considerou.


Caso a mudança se consolide, Eliza abre a vaga de titular na Câmara de João Pessoa para o suplente João Corujinha, que já está na Casa ocupando a vaga do vereador Marcos Vinícius (licenciado). Assim, a segunda suplente, Helena Holanda é quem ganhará vez no parlamento municipal, mantendo a bancada feminina de duas mulheres na CMJP.

Atualmente quatro suplentes (10%) estão na titularidade do mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba, são eles: Antônio Mineral (PSDB) no lugar de Ricardo Marcelo; Jully Roberto (PEN) no lugar de José Aldemir (PEN); Hervázio Bezerra (PSB), no lugar de Lindolfo Pires (DEM) e Charles Camaraense (PSL), no lugar de Tião Gomes (PSL).


Com PB agora 
Tentativa de assalto em Sapé acaba
em morte. Um dos suspeitos já está detido
A escalada da violência tem sido constante na região, e na manhã de hoje(01) uma tentativa de assalto frustrada culminou em uma vítima fatal, trata-se de Tony de Zélia Presentes, proprietário deste estabelecimento comercial situado no Centro da cidade(Zona da Mata Paraibana).
Conforme informações, dois elementos tentaram assaltar a loja do jovem Tony, mas este teria reagido ao assalto, frustrando a ação criminosa, e sendo atingido por dois disparos, vindo a óbito ainda dentro do estabelecimento.
Os meliantes se evadiram do local, mas conforme as últimas informações, um deles, de menor idade, já foi detido. A população de Sapé está transtornada com o acontecido.
A polícia agiu rápido


Demonstrando rapidez e ação eficaz, a polícia de Sapé conseguiu prender um dos suspeitos de participar da tentativa de assalto , inclusive apreendendo a arma usada no crime. Chocada com a tragédia, a todo instante pessoas tem se aglomerado em frente ao estabelecimento comercial. Maiores informações a qualquer momento.
Da redação do Interiorano.

terça-feira, 31 de março de 2015

TSE acata pedido do PSDB e vai auditar 40 urnas das eleições 2014 na Paraíba

TSE
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) auditará 40 sessões na Paraíba, após a Semana Santa. O objetivo da averiguação é atender solicitação formulada pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) para verificar o resultado das eleições de 2014. Na Paraíba, a auditoria ocorrerá na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), em data a ser definida.
Conforme o presidente do TRE-PB, desembargador João Alves da Silva, a auditoria de todas as zonas e sessões não deverá durar mais que dois dias e será feita exclusivamente por servidores do TSE. “Esse processo poderá ser acompanhado aqui no TRE por qualquer interessado, seja cabo eleitoral, partido político, candidato, eleito ou não eleito”, explicou o desembargador.
De acordo com a lista encaminhada pelo TSE, a cidade com maior quantidade de sessões para serem auditadas é Campina Grande, onde 23 urnas serão averiguadas – 16ª zona eleitoral: 3ª, 59ª, 99ª e 190ª; 17ª zona eleitoral: 143ª, 171ª, 173ª, 177ª, 185ª, 191ª, 215ª, 223ª, 270ª, 321ª e 358ª; 71ª zona eleitoral: 5ª, 6ª, 44ª e 58ª; 72ª zona eleitoral: 1ª, 135ª, 171ª e 325ª. João Pessoa aparece em seguida com seis urnas – 64ª zona eleitoral: 383ª; 70ª zona eleitoral: 555ª e 609ª; 76ª zona eleitoral: 57ª e 239ª; 77ª zona eleitoral: 36ª. Os outros municípios são: Alhandra – 73ª zona eleitoral: 6ª e 25ª; Araruna – 20ª zona eleitoral: 29ª e 41ª; Tavares – 34ª zona eleitoral: 93ª e 195ª; Bayeux – 61ª zona eleitoral: 208ª; Carrapateira – 40ª zona eleitoral: 6ª; Santa Rita – 2ª zona eleitoral: 59ª; Pedra Branca – 33ª zona eleitoral: 90ª; e Paulista – 31ª zona eleitoral: 14ª.
Ainda segundo  o desembargador João Alves, a escolha das urnas foi feita unicamente pelo PSDB. Além disso, o presidente se mostrou confiante de que o processo eleitoral no Estado não foi adulterado.
Com MaisPB

Professores da rede estadual deflagram greve por tempo indeterminado


Governador Ricardo Coutinho (PSB) já tinha recebido a categoria. Ele prometeu estudar as reivindicações.

Governador esteve com representantes do magistério na segunda (Crédito: Assessoria)
Mesmo com a promessa do governador Ricardo Coutinho (PSB) de analisar os pleitos dos professores da rede estadual, os membros da categoria deflagraram greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (1). A decisão foi tomada em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (30), no auditório do Sesi, em João Pessoa, com a presença de 500 docentes. A ampla maioria votou a favor da greve. Apenas três se abstiveram de votar. 

Após a assembleia, os manifestantes se deslocaram à frente do Palácio da Redenção. Eles explanaram os principais pontos da reivindicação. Entre eles, a implantação do reajuste de 13,01%, concedido pelo Governo Federal e revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da Paraíba (Sintep), a Paraíba aumentou 4,5% em outubro do ano passado e 4,5% em janeiro deste ano. 

Eles ainda pedem escalonamento de classes, redução da jornada de trabalho para 30h, vale-alimentação de R$ 220,00 para profissionais administrativos e de apoio, gratificação dos diretores e implantação de novo Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR).
Com WSCOM