Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Covid-19: Brasil ultrapassa 90 mil mortes e 2,5 milhões de casos

29/07/2020





O Brasil ultrapassou, nesta quarta-feira, 29, 90 mil mortes causadas pelo coronavírus, segundo o Ministério da Saúde. Foram registrados novos 1.595 óbitos causados pelo vírus. O País também contabilizou, nas últimas 24 horas, 69.074 diagnósticos positivos para Covid-19. Desde o início da pandemia, já foram 2.552.265 casos registrados.

Tanto no caso das infecções, quanto no das mortes foi um novo recorde diário, mas foi causado pelo atraso do estado de São Paulo, que não divulgou os números na terça-feira, 28. Segundo o secretário estadual de Saúde de SP, Jean Gorinchteyn, o atraso foi resultado de “uma incompatibilidade no acesso a essas informações”.

Nesta quarta, entretanto, uma nova notícia agradou o mundo em relação à pandemia. A primeira vacina contra Covid-19 em potencial da Rússia receberá aprovação regulatória local na primeira metade de agosto e será administrada a profissionais de saúde da linha de frente pouco depois, disse à Reuters uma fonte de desenvolvimento a par do assunto.


Com Brasil 247

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Em entrevista, Luizinho condena política do “oba-oba” e cobra ética à quem deseja governar Sapé/PB


O Presidente da Câmara Municipal de Sapé, Luiz Limeira, o popular Luizinho, concedeu entrevista a Rádio Capim FM, nesta terça-feira (28), falou de seu trabalho a frente do legislativo sapeense e avaliou o quadro político local.
Durante quase uma hora de conversa com Marcos Gonsalves e Luiz Neto, Luizinho disse aos ouvintes do Programa Capim Sem Censura que no comando da Casa Legislativa o parlamento ganhou influência muito mais do que cobrar, fiscalizar e/ou criticar mas passou a ser parceiro das conquistas que a cidade realiza, pois exerce o papel conciliador entre os poderes constituídos.
Sobre sua gestão, Luizinho lembrou da implantação do Programa Papel Zero, onde a câmara passou a ser totalmente informatizada, todo o trabalho legislativo é executado através da tecnologia abolindo a despesa com papeis.
Ainda segundo o parlamentar, o Regimento Interno da casa passou por uma reforma com a inclusão de dispositivos na lei que facilita o trabalho do legislativo através de ferramentas tecnológicas que possibilitam, por exemplo, a convocação de vereadores para as sessões através de comunicado via whatsapp.
Falando de política, Luizinho, que é pré-candidato a prefeito de Sapé, foi questionado pelo apresentador Marcos Gonsalves sobre uma frase que o parlamentar teria proferido em entrevista anterior sobre os políticos que “flexibilizam a ética”, dependendo da conveniência. “Eu quis dizer que nós não podemos flexibilizar a ética na política, porque a flexibilização da ética representa exatamente aquela política antiga, que  dependendo de quem se trata, tudo podia para os seus amigos, então hoje em dia a política não se sustenta mais nisso, a administração pública com toda a transparência, com toda globalização da informação não suporta mais esse tipo de coisa”, disse.
Na opinião de Luizinho esse tipo de política se enquadra perfeitamente naqueles que são fichas sujas, não podem concorrer as eleições, estão processados justamente porque lá atrás eles flexibilizaram a ética.
O parlamentar defendeu o legado dos dois governos do prefeito Roberto Feliciano e destacou como o atual gestor vai entregar a cidade, em detrimento de como recebeu em 2005.

“Roberto vai entregar uma cidade muito melhor em todos os aspectos, salário em dia, melhor na educação e eu vou ser um prefeito muito melhor que Roberto, porque se ele tivesse a oportunidade de continuar certamente faria melhor do que fez esses dois mandatos, mas nós vamos fazer muito mais”, assegurou.
Sobre a composição de uma chapa para as eleições desse ano, Luizinho não descartou que seu vice saia da oposição, mas da oposição propositiva, conforme ele mesmo afirma: “com a oposição construtiva é possível, mas com a oposição destrutiva não há a mínima possibilidade de aliança, porque ela tenta destruir reputações, destruir o governo sem nada propor, então fica inviável”, afirmou.
Questionado sobre o “rótulo” de cara dura, de ter uma personalidade fechada, Luizinho disse condenar a política do oba-oba, do aperto de mão e sorriso fácil com o povo na rua e do deboche com esse mesmo povo quando estão nos gabinetes. “Não sou aquele político mamulengo, dando chau, sorriso fácil […] eu sou um pouco tímido apesar de ser político, ser vereador, mas como digo nós não devemos mudar nossa conduta nem nosso jeito de ser, eu não sou aquele político dando xau, um mamulengo, muito alegre e quando tá la no seu gabinete tá lá sorrindo, mangando da população e fazendo coisas erradas”, disse.
Por fim, Luizinho disse que se eleito for dará continuidade as boas ações do atual governo, mas adotará seu jeito próprio, porque cada pessoa tem seu jeito de ser e de agir e portanto será um governo de continuidade, mas também de renovação.

Da Redação  Do ExpressoPB

terça-feira, 28 de julho de 2020

Câmara de Sapé aprova por unanimidade requerimento da vereadora Cibele, para calçamento de 5 ruas do Bairro Renato Ribeiro





A Câmara Municipal de Sapé – Casa de Augusto dos Anjos, aprovou por unanimidade, na última quinta-feira, 23, o requerimento de nº092/2020, da autoria da vereadora Cibele Cabral da Silva(PP), para o calçamento de 5(cinco) ruas do Bairro Renato Ribeiro, um dos mais populosos desse município.
Depois de visitar o referido bairro e ouvir moradores, a parlamentar identificou, realmente, a necessidade de pavimentação das artérias, a saber:
1.    Josemar Maciel Marinho
2.    Augusto Figueiredo
3.    João Veloso de Queiroz
4.    João Pedro Teixeira
5.    Elza Rabelo

“Estive visitando o bairro e pude sentir as aspirações do povo, principalmente os problemas de pavimentação. Encaminhei e tive aprovado por unanimidade o meu requerimento, esperando agora as ações por parte do nosso prefeito, que tem sido um dos gestores que mais pavimentou ruas em Sapé. Creio que ele fará esse serviço”. Eu ainda voltarei ao bairro para me inteirar de outras demandas”.  disse a vereadora Cibele Cabral.

 
Da redação
Do Interiorano



segunda-feira, 27 de julho de 2020

Governo da Paraíba paga primeira parcela do 13º salário aos servidores da ativa em agosto

A informação foi do governador João Azevêdo, durante o Fala Governador, desta segunda-feira (27). ​
Todos os servidores da ativa do estado da Paraíba receberão em agosto a primeira parcela do 13º salário. O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo, durante o programa Fala Governador, desta segunda-feira (27), na rádio Tabajara. Na semana passada, o gestor ainda informado que o pagamento poderia acontecer nos meses agosto, setembro e outubro, dependendo das secretarias, mas após analisar o cronograma, decidiu antecipar. 

"Nós tínhamos programado para a primeira parcela ser paga ou adiantamento do 13º acontecesse nos meses de agosto, setembro e outubro para que a gente pudesse ali pagar a primeira parcela ou antecipação do 13º. Eu quero anunciar nesse momento que toda antecipação já vai poder ser feita no mês de agosto. Então, agora no mês de agosto, pagaremos a todos os servidores da ativa a primeira parcela", revelou. 

Com CLICK PB

Coronavírus: inflamação é encontrada no coração semanas após recuperação

Periódico ‘Jama Cardiology’ publicou duas pesquisas que relacionam os efeitos do Sars CoV-2 no miocárdio. Pesquisadores alertam para chance de desenvolvimento futuro de insuficiência cardíaca.
Dois estudos publicados nesta segunda-feira (27) avançam em evidências relacionados aos efeitos do Sars CoV-2 sobre o tecido do coração. Um deles, realizado com autópsias de 39 pacientes, mostra a presença do vírus no miocárdio em 60% dos casos. O outro estudo, que conta com 100 pacientes recuperados de Covid-19, mostrou que, em 78%, houve uma inflamação diagnosticada por ressonância magnética, mesmo semanas após a recuperação.
Os dois artigos chamam a atenção para a importância de um acompanhamento cardiológico durante e após a infecção por Covid-19. A “Jama Cardiology”, revista que publicou as pesquisas, escreveu um editorial sobre o assunto, ressaltando a importância de os pesquisadores de todo o mundo continuarem a analisar os efeitos da Covid-19 no sistema cardiovascular.
Roberto Kalil, cardiologista e presidente do Instituto do Coração, em São Paulo, explica que muitas doenças virais podem atingir o coração causando quadros inflamatórios – denominados como “miocardite”, mas afirma que o novo coronavírus atinge o sistema cardiovascular com mais frequência, muitas vezes deixando sequelas nos pacientes. Complicações como arritmias, infarto agudo, insuficiência cardíaca e tromboembolismo, por exemplo.
Kalil dá destaque aos resultados do segundo estudo. Em um tempo médio de 71 dias após a infecção, 100 pacientes passaram por ressonância para avaliar a saúde cardíaca. Após mais de dois meses, 78% ainda apresentavam inflamação no coração.
“Isso é muito importante. As complicações cardiovasculares precisam ser vistas com atenção. O vírus pode afetar qualquer estrutura do coração causando inflamação e trombose nos vasos e tecidos. Os autores mostram claramente que há comprometimento do músculo do coração, e que pode ser persistente semanas após a recuperação”, explicou.
O cardiologista explica que há chance de desenvolvimento de insuficiência cardíaca a longo prazo. “O que este estudo chama a atenção é que o paciente está há dois meses sem a infecção, mas mesmo assim ainda tem a inflamação no músculo do coração. Assim, em alguns casos, o músculo cardíaco pode enfraquecer, causando a insuficiência cardíaca”, afirma Kalil.


COM G1