Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Deputados de oposição querem CPI para investigar Hospital de Emergência e Trauma de JP

Da Redação
Deputados de oposição querem CPI  para investigar Hospital de Emergência e Trauma de JPFoto: Walla Santos
Deputados de oposição ameaçam pedir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar, o que eles chamaram de 'desmantelo administrativo' do Hospital de Emergência e Trauma 'Senador Humberto Lucena' gerenciado pela Cruz Vermelha do Rio Grande do Sul. "Precisamos lavar essa 'caixa de imundice' que se transformou o Trauma" bradou da tribuna da Assembleia Legislativa o deputado Anísio Maia (PT).Read More
De acordo com denúncia do petista, o hospital de Trauma transformou-se em um antro de corrupção e, supostamente, teria sido desviado mais de R$ 8 milhões desde que a Cruz Vermelha se instalou na Paraíba - nos últimos três anos. "A situação é grave é precisa ser apurada com rigor" garante.
Já o deputado Aníbal Marcolino (PEN) que também defende a instalação da CPI, pede que sejam convocados os atuais diretores e ex-diretores do Hospital de Trauma. Marcolino que, em um passado recente, já houve uma tentativa de se criar uma comissão para possíveis desmandos no hospital de Trauma.
A denúncia da imprensa de que a terceirização do Hospital de Trauma de João Pessoa transformou-se em fonte de irregularidades patrocinadas com recursos públicos, repercutiu na casa e nenhum deputado da base de sustentação do governador Ricardo Coutinho (PSB) reagiu.
De acordo com auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) a chamada gestão pactuada consumiu entre 2010 e 2013, R& 13,6 milhões, cujo dinheiro financiou supersalários e mordomias para dirigentes e consultores da Cruz Vermelha

DA REDAÇÃO C/CLICK PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário