Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Professores da PB terão salário menor que o piso nacional

O presidente da Associação dos Professores em Licenciatura Plena da Paraíba (APLP), Bartolomeu Pontes, revelou nesta quinta-feira (12), que o reajuste no piso nacional do magistério não irá beneficiar os professores paraibanos.
Ele explica que o reajuste nacional atinge apenas os profissionais com carga horária semanal de 40 horas. Na Paraíba, o aumento será fracionado, levando em consideração que os professores do Estado cumprem 30 horas semanais.
“Na verdade esse piso nacional já era esperado. Como nós damos 30 horas, não recebemos R$ 1.900, mas sim R$ 1.700, que é o piso da Paraíba. Esse piso pega apenas os professores polivalentes, que são do nível 1 ao nível 3, que ficam com um salário de R$ 1.734”, explicou.
A entidade vai solicitar ao Governo do Estado que o reajuste contemple todos os professores. “Vamos solicitando ao governo que use o seu bom senso”, frisou.
O piso nacional para profissionais do magistério em 2017 será reajustado em 7,64%, para R$ 2.298,80. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 12, pelo Ministério da Educação (MEC). O valor atual é de 2.135,64.
As declarações ocorreram durante o programa 60 Minutos, da Rádio Arapuan.
Com MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário