Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

domingo, 5 de agosto de 2018


Em convenção, Maranhão dispara:
“Eu sou um velho
 mas não sou velhaco”

O senador José Maranhão(MDB) oficializou hoje, 5, a sua candidatura ao Governo do Estado da Paraíba. O evento aconteceu no Clube Cabo Branco(JP) e contou com a presença de uma multidão.
O emedebista destacou o fato de concorrer com duas máquinas públicas: o governo do Estado, que tem João Azevedo(PSB) como candidato e a Prefeitura de João Pessoa, que apoia Lucélio Cartaxo(PV)
Em seu pronunciamento Maranhão salientou: “Também nas eleições de senador existiam duas máquinas contra mim e elas estavam aliadas, do mesmo lado, e nós vencemos as eleições. Agora estão divididos, estão mais fracos”, avaliou. Ele também garantiu ter um projeto inovador para a Paraíba: “O que o povo quer é um projeto novo, não uma cara. A cara muda com o tempo, o que não muda é o espírito, a capacidade de sentir do povo suas reivindicações e atender com soluções efetivas”.
Aos 84 anos, Maranhão é criticado por colocar seu nome na disputa pela quarta vez. “Eu sou velho, mas não sou velhaco, como muito”, alfinetou.
Mesmo deixando uma vaga na chapa majoritária em aberta, Maranhão afirmou estar satisfeito com a composição que fez. “Estamos satisfeitos porque não cedemos a velha política de troca de cargos ou tempo de televisão. Não nos impressiona esse tipo de apoio que é repudiado pela sociedade”, arrematou.
Ele ainda destaca seu favoritismo nos municípios e revela ser “quase unanimidade” entre a população. Ele afirmou que nos últimos anos se negou a fazer acordos espúrios. “E eles que falam tanto em juventude deveriam saber que juventude não é algo apenas da idade, é uma condição moral e espiritual”, pontuou.

Paulino empolgado
Quem esteve bastante empolgado durante a convenção foi o   o ex-governador Roberto Paulino (MDB), escolhido para a disputa ao senado. "Para o MDB eleger um senador seria bom ter só um, já que agora várias correntes dizem que votam em um candidato e votam em Roberto, por isso vamos dar opção para tudo. Quem quiser limpar o voto, vote no MDB, quem não quiser, vota em outro. O eleitor pede coerência, vontade de trabalhar e ficha lima e isso Maranhão e eu temos. O Brasil pede ficha lima e na Paraíba temos dois, Maranhão e eu", disse Roberto.
No local várias lideranças lotaram o Clube Cabo Branco. Militantes, em grito de guerra, gritavam pelo nome de Zé e Roberto.

Da redação do Interiorano
com MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário