Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Câmara de Sapé aprova emenda à Lei Orgânica que beneficia universitários
A matéria se refere ao Projeto de Lei de Emenda à Lei Orgânica Municipal, dos vereadores-proponentes Johni Rocha(PSDB); Robson Guedes(PTB) e Wilson Cavalcante(PP) e que modifica o artigo 217 da Lei Orgânica Municipal, instituindo o transporte de alunos de cursos técnicos e universitário.
De forma ordeira e educada, os estudantes universitários comemoram a decisão dos 13 vereadores e
vibraram com  a manutenção dos transportes para cidades como João Pessoa e Guarabira
O
Os vereadores do município de Sapé, aprovaram na manhã de hoje, 9, um projeto de emenda à Lei Orgânica do município, de autoria do presidente Johni Rocha, que garante aos universitários e alunos de cursos técnicos o transporte público para cidades como João Pessoa e Guarabira.
O texto votado modifica o Art. 217 da Lei Orgânica Municipal e dá outras providências, e que passa a vigorar com o seguinte texto: “Dos recursos financeiros anualmente destinados à Educação, na forma da Constituição da República e do Estado, fica autorizado o fornecimento de transporte gratuito, através do Poder Público Municipal, aos estudantes de nível superior e técnico profissionalizante, residentes no município de Sapé, para as cidades de João pessoa e Guarabira, desde que ali matriculados”.

Críticas ao Formulário de Cadastramento do estudante

O presidente Johni Rocha suspendeu a sessão por alguns
minutos para atender os estudantes em suas reivindicaçõe
s

Apesar de uma discussão calorosa e polêmica, o fato que redundou em muitas críticas, tanto dos estudantes quanto de alguns vereadores, foi a formatação e distribuição de um questionário socioeconômico sobre a vida do estudante, considerado agressivo e ditatorial por estes e por alguns dos vereadores. Logo na apresentação consta “O preenchimento dessas informações não garante sua inclusão no transporte”. É o que reza o tal questionário. Mais adiante, o formulário pergunta: Quantos quartos tem na residência do estudante, qual a área da casa em m2, nº de banheiros...
O ex-presidente da câmara de Sapé, Luiz Limeira, em seu pronunciamento, disse: “Que esse formulário seja revisto em várias partes”. Já o vereador Wilson Cavalcante(PP) emendou: “O próprio questionário é um atestado de pobreza”. Para a vereadora Vera do Peixe: "O Formulário é simplesmente ridículo".
De forma ordeira, os estudantes comemoraram os 13 votos obtidos pelos vereadores, tanto da oposição quanto da situação, favoráveis ao Projeto de Lei de Emenda À Lei Orgânica do Município, de Nº 01/2017, que terá mais discussões nesta sexta-feira. Apenas dois vereadores faltaram à sessão desta-quinta feira: Markinhos Sena e Elton Serafim, os quais justificaram a razão do não comparecimento.
Por telefone, em conversa com a reportagem, o secretário de Comunicação Romero Baunilha disse “Jamais o prefeito Roberto Feliciano pensou em tirar de circulação os ônibus que transportam os estudantes universitários”.
Da Redação

Do Interiorano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário