Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

domingo, 11 de junho de 2017

Através de nota:

Vereadora Cibele esclarece porque não votou favorável a voto de repúdio para secretário

A vereadora Cibele Cabral da Silva(PSB), em conversa com a reportagem, expôs os motivos pelos quais não votou  favorável a Voto de Repúdio, proposto por vereadores da oposição, contra o secretário da educação do Município de Sapé, em sessão polêmica na Casa de Augusto dos Anjos, ocorrida na última quinta-feira, 9, que teve como principal pauta a votação do Projeto de Lei à Emenda à Lei Orgânica do município, a qual instituiu o transporte de alunos do Ensino profissionalizante e universitários e dá outras providência, da autoria do presidente da Casa, Johni Rocha(PSDB).

Na íntegra, veja a nota:

“Não se pode condenar um homem sem conceder-lhe o benefício da autodefesa. Não se pode condenar um homem sem saber, com certeza, se o crime cometido não teve outros partícipes. O Voto de Repúdio, é sem dúvidas um posicionamento reativo e abre um leque de sentimentos como ojeriza, repugnância, e naquele momento bastou-me o contraponto ao contexto vivido anteriormente. Macular o currículo do profissional Kildare Freitas com a provação dessa matéria, era indubitavelmente apagar da memória sensata todo o trabalho exponencial que o mesmo desempenhou com tanto esmero na Educação, seja como um simples professor, seja como secretário”, salienta Cibele, que continua em sua nota:
“O texto extraído e lido das páginas das redes sociais do secretário não deixa sublimadamente dúvidas de que foi direcionada à Câmara Municipal de Sapé, todavia, esse direito lhe concerne, afinal, a liberdade de expressão e é um direito constitucional e uma conquista de todos os dias pelos brasileiros. Entretanto, compreendo a indignação da Casa de Augusto dos Anjos(vereadores) pois indignar-se é um sinal evidente e vital de que ainda estamos vivos”.
Vereadora Cibele Cabral

11 de junho de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário