Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Governo e MPPB mantêm 6 de março como data para chegada da água da transposição

Confirmação da data foi repassada ao procurador-geral de Justiça da Paraíba pelo secretário Antônio de Pádua de Deus Andrade, da Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional
Divulgação/Ministério da Integração Nacional
Água da transposição se aproxima da Paraíba
O Ministério da Integração Nacional confirmou para o Ministério Público da Paraíba, no início da tarde desta terça-feira (14), a entrega das obras do Eixo Leste do Projeto de Integração e Transposição do Rio São Francisco, mantendo-se para o dia 6 de março a chegada da água à cidade de Monteiro, no Cariri paraibano, a 305 km de João Pessoa.

A confirmação da data foi repassada ao procurador-geral de Justiça da Paraíba, Bertrand de Araújo Asfora, pelo secretário Antônio de Pádua de Deus Andrade, da Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, durante reunião administrativa em Brasília. “Na reunião, foi mostrado o calendário da transposição e mantida a data do dia 6 de março para a entrega da obra”, informou Bertrand Asfora, acrescentando que foi feito um relatório sobre o atual andamento dos serviços.

Bertrand participou da reunião no Ministério da Integração acompanhado pelo 1º subprocurador-geral de Justiça Nelson Antônio Cavalcante Lemos e pelo promotor de Justiça Francisco Bergson Gomes Formiga Barros, presidente da Associação Paraibana do Ministério Público. Participaram ainda, pelo Ministério da Integração, o diretor do Departamento de Obras Hídricas, Marcelo Pereira Borges; o diretor do Departamento de Projetos Estratégicos, Antônio Luitgards Moura; e a coordenadora-geral de Programas Ambientais, Ellianelva Viana Odísio.

Na última quinta-feira (9), o MPPB havia realizado mais uma reunião com representantes da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa), da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e da Prefeitura de Monteiro para discutir as últimas soluções para a questão do esgotamento sanitário no município.
Dois dias antes, uma comitiva coordenada pelo MPPB também vistoriou as obras complementares da transposição e foi constatado que algumas ligações clandestinas continuavam despejando esgoto no canal pluvial do município.
Com Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário