Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Jornal pioneiro da região será mais um que ‘fechará’, anuncia diretor JV

João Victor, um pioneiro do jornalismo impresso em Sapé e região da Mata Paraibana, diz que o periódico vive seu último ano em circulação, e que a partir de 2017 o projeto será de um jornalismo online, através de um site que está sendo criado.


Um dos pioneiros do jornalismo impresso de Sapé e região, João Victor da Silva, poeta, professor e que detém DRT/PB, sob número 1666, há mais de 10 anos, anuncia aos leitores do Jornal O Interiorano, que o periódico vai mesmo fechar, seguindo o exemplo de outros jornais de grande expressividade na Paraíba, como O NORTE e mais recentemente O JORNAL DA PARAÍBA.
Para o editor sapeense, a decisão chega com tristeza e nostalgia, uma vez que, desde a década de 80, quando criou em parceria com Jorge Galdino o Jornal 168h, até este momento, a expectativa já não era das melhores, quando se fazia um trabalho editorial com muita dificuldade financeira. E que agora, em tempos do ápice e sucesso das redes sociais, o interesse pelos impressos diminuíram bastante, a ponto de chegar a total exaustão.
“Estamos, realmente, numa nova era, onde a notícia tem que vir em tempo real, para chegar ao leitor-internauta com a máxima velocidade. Estamos vivendo um tempo que é proibido perder tempo. De forma que, com tristeza e nostalgia, temos a consciência de que é hora de pararmos com o jornalismo impresso”, diz João Victor.

Com circulação em mais de 10 cidades entre a zona da Mata e o Brejo Paraibano, o Jornal Interiorano começou a circular em 2002. O periódico deve circular até o final deste ano, quando um novo projeto editorial deve estar concluso, possivelmente um site oficial, que deverá ganhar outro nome, diferentemente do www.ointeriorano.com – que já detém quase 200 mil acessos, em pouco mais de 3 anos no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário