Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Leonardo DiCaprio e 'Spotlight' são

 os vencedores do Oscar 2016

Animação brasileira 'O menino e o mundo' perdeu para 'Divertida Mente'

A cerimônia do Oscar neste domingo (28) em Los Angeles foi uma noite de primeiras vezes. Ao menos para Leonardo DiCaprio, que levou a estatueta de melhor ator por "O Regresso". No entanto, o prêmio de melhor filme foi para "Spotlight: segredos revelados".

Os outros atores premiados ganharam em sua primeira indicação. Brie Larson levou por "O quarto de Jack".
A sueca Alicia Vikander foi melhor atriz coadjuvante por "A garota dinamarquesa". Mark Rylance foi melhor coadjuvante por "Ponte dos Espiões".
Foi também uma cerimônia com um bicampeonato (o melhor diretor Alejandro G. Iñárritu) e um tricampeonato (o diretor de fotografia Emmanuel Lubezki). Eles venceram por "O regresso".
Mad Max: prêmios técnicos - Quando o assunto foi prêmios técnicos, não teve para ninguém. "Mad Max: Estrada da Fúria" levou seis estatuetas desse tipo. Ficou com mixagem de som, edição de som, montagem, cabelo e maquiagem, design de produção e figurino.
A animação brasileira "O menino e o mundo" perdeu o Oscar para "Divertida mente" e Lady Gaga perdeu o prêmio de canção original para Sam Smith. Veja no vídeo abaixo o discurso do cantor inglês, que escreveu e gravou a trilha de "007 contra Spectre".
A premiação foi comandada por Chris Rock. O apresentador aproveitou todo seu tempo com piadas mirando o racismo e o boicote ao Oscar proposto por algumas celebridades negras. Ele tratou o assunto com bastante sarcasmo e foi bem recebido pela plateia.
Derrota brasileira - Antes da cerimônia, o diretor Alê Abreu comemorou o fato de estar na premiação. "Estar aqui já é uma grande vitória. É uma grande vitória do Brasil. Sabe, um filme feito com tamanha liberdade de criação", afirmou, no tapete vermelho.
"Estar aqui no meio dessa festa da indústria de Hollywood, competindo de igual para igual com esses filmes de US$ 300 milhões", disse o cineasta de "O menino e o mundo".
Da Redação COM AGENCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário