Jornal O Interiorano - A verdade como referência - Fundador: João Victor da Silva - CNPJ: 13.513.199/0001-01 - Fone: (83) 8855-0110 - Sapé-Paraíba.

sábado, 10 de maio de 2014

Ataque e contra ataque

Secretário Kildare inaugura escola, discursa, fala sobre críticos de plantão e contra-ataca

Extremamente educado e atencioso, calmo e comedido, tímido e também prático. Todos os adjetivos juntos não conseguiram conter o desabafo do secretário de Educação do município de Sapé, Kildare Freitas, no último dia 09/05, na solenidade de reinauguração da Escola Municipal Infantil Barra de Antas (zona rural da cidade), quanto à atitude mesquinha de críticos de plantão, que têm atacado sistematicamente o governo municipal.

Com um inegável legado na pasta de Educação, onde tem humanizado as ações e desenvolvido um projeto de reforma nos prédios da rede municipal de ensino, inclusive já tendo restaurado cinco das quarenta unidades escolares, Kildare Freitas desabafou na em seu discurso em Barra de Antas: “Infelizmente existem essas pessoas pessimistas e tristes, que buscam apenas interesses privados”, alfinetou.
Com um trabalho que tem enchido os olhos da sociedade sapeense, o secretário tem sido alvo de críticas sistemáticas lançadas sobre o governo “O Futuro se Faz Agora”, do prefeito Roberto Feliciano, redundando também no titular da pasta da Educação, no município de Sapé.

Durante seu discurso Kildare Freitas relembrou a situação em que encontrou a unidade escolar de Barra de Antas (toda depredada, madeiramento podre, carteiras escolares quebradas, matagal cobrindo as imediações, iluminação péssima e um ambiente chamativo a insetos, cobras, ratos e baratas). O secretário relembrou que, à época, o educandário se encontrava, inclusive, interditado pelo Ministério Público, uma vez que não reunia as mínimas condições de funcionamento.
“Vejam, cada espaço desta escola fala por si só”, disse se referindo as atuais condições: salas climatizadas, banheiros, cadeiras novas, mobília novíssima, sala de informática, cantina, pinturas artísticas e uma ampla área para lazer. O secretario insistiu no contra-ataque, dizendo que, infelizmente, tem gente que só sabe criticar.

Mesmo recebendo críticas insensatas e sistemáticas, beirando à injustiça frente ao trabalho que vem desempenhando na secretaria municipal de Educação, ao final de seu discurso Kildare não perdeu a compostura, e de forma maleável e educada ainda poupou a oposição, pontuando: “Lamento esse meu discurso forte num momento festivo como esse”.

DA REDAÇÃO
DO INTERIORANO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário